sábado, 30 de março de 2019

Em foco...

Repassando essa postagem encontrada em meu Facebook...muito interessante e que incentiva nosso chamado franciscano para prosseguirmos no amor fraterno e protegendo nossos amiguinhos de patas.
Abaixo vejam a postagem:


"Gente, venho aqui compartilhar com vocês uma idéia muito gratificante e prazerosa... Gastei menos de R$ 25,00, comprei um saco de ração e saquinhos para embalar, toda vez que sair de casa vou carregar 5 na bolsa, na mochila, em qualquer lugar, o importante é levar! Sempre que eu ver um animalzinho de rua e puder parar  eu vou alimentar ele.  Infelizmente não podemos resolver todos os problemas dos animais de rua e também das pessoas, mas se cada um fizer um pouquinho, a gente tem uma chance muito grande de trazer amor e amenizar uma das piores coisas da vida: a fome!"




quinta-feira, 21 de março de 2019

Espiritualidade...

A fe e a esperança levada aos excluídos e oprimidos através da música...um despertar para a diversidade religiosa.

sábado, 16 de março de 2019

Momento Franciscano

*EU SOU CATÓLICO FRANCISCANO INDEPENDENTE*

*ESTE ESTILO DE VIDA ME ENSINOU*
Quem sou, de onde vim, para onde vou e o que estou fazendo neste planeta.

*ELE ME ENSINOU QUE*
É preciso olhar para dentro de si, se compreender para poder compreender o próximo. Pois, se eu tenho meus conflitos, falhas, erros, dificuldades, defeitos, com certeza, todos que convivem comigo neste mundo, também tem. Estamos todos na luta, numa guerra interior, brigando consigo mesmo para corrigir estas falhas.

*ENSINOU QUE LIVRE ARBÍTRIO*
Não é propriedade minha, mas de todos. Por isso devo respeitar quando alguém pensa e age diferente de mim. Não tenho o direito de impor nada a ela. E quando uso mau este livre arbítrio haverá uma consequência que terei de reparar nesta ou na outra encarnação. O plantio é livre mas a colheita obrigatória.
Que tenho direitos, mas tenho também OBRIGAÇÕES e que meu direito acaba quando começa o do próximo.

*QUE TODAS AS RELIGIÕES SÃO BOAS*
E consequentemente, devo respeitá-las porque gosto que respeitem a minha.

*QUE A SALVAÇÃO NÃO DEPENDE DA RELIGIÃO*
Mas da prática da caridade conosco e com o próximo.

*QUE O PRÓXIMO*
 É qualquer pessoa que convive conosco neste planeta, seja ele de outra religião, de outra raça, heterossexual ou homossexual, rico ou pobre. Enfim, devemos ajudar e conviver bem, respeitando, sem preconceito.

*QUE CARIDADE*
Não é só a esmola, mas também a tolerância, a paciência, o abraço amigo, a mensagem consoladora, a visita ao doente, uma prece, etc etc etc.

*QUE SER CRISTÃO*
Vai além de cultos externos, de rótulo religioso, de declarações de amor vazias sem a prática dos ensinamentos do Cristo, enfim, que a fé sem obras é morta.

*ENSINOU QUE O JESUS DO ESPIRITUALISTA*
Não é visto apenas com interesse de pedir, mas de ensinar e que serve de GUIA e MODELO a ser seguido.
COM ESTA COMPREENSÃO, de saber que cada um está num grau de evolução.
Que temos uma história de vida como semeadores e que está presente nos frutos que colhemos hoje...e que os frutos do amanhã dependem da escolha de nossas sementes hoje.
Que estamos resgatando e reparando erros.
Que convivemos na família com afetos e desafetos, para aprendermos a AMAR, para nos reconciliarmos e perdoarmos... ALIVIA e DÁ FORÇAS para seguir em frente buscando ser hoje melhor do que ontem, E TENTAR SER AMANHÃ MELHOR DO QUE FUI HOJE.

*Essa é a minha Cartilha de Vida, difícil de ser seguida e  praticada, mas dela eu me alimento todos os dias, na busca incessante de me tornar uma pessoa melhor!*🙏🙏🙏

Implantação em Extremoz RN

Estamos iniciando nossas atividades em Extremoz RN através do auxilio fraterno aos animais de rua e realização das missas que serão realizadas inicialmente quinzenalmente...
Nossa localização será provisória na Rua São Paulo, Moinhos.

terça-feira, 6 de novembro de 2018

Amor em qualquer língua...

Dom Jean Frank da Silva, Bispo Primaz da Igreja Católica Franciscana Independente Pax et Bonum Ofereço a quem for se casar meus serviços ministeriais gratuito para celebrar casamentos LGBT no religioso,( após casamento no civil) gratuito, sendo que os nubentes lhe paguem somente despesas de viagem e hospedagem , e doem uma oferta solidaria para a obra social da Igreja... é uma forma de ajudar aos LGBTS que querem uma benção na sua cerimonia, antes que de alguma forma isso possa ser proibido.

A União Estável é a relação de convivência entre duas pessoas, que é estabelecida com o objetivo de constituição familiar.

O Novo Código Civil não menciona o prazo mínimo de duração da convivência para que seja considerada união estável e o que é mais curioso é que também não é necessário que morem juntos, isso é, os “requerentes” podem ter domicílios diversos.

Para se converter uma união estável em casamento, os requerentes devem comparecer ao cartório de Registro Civil do seu domicílio e dar entrada nos papéis de casamento.

Igual ao casamento convencional, os noivos (brasileiros ou estrangeiros) podem escolher o regime de bens e mudar o nome.

É necessário levar os documentos habituais e as duas testemunhas para dar entrada no processo de habilitação.

A única diferença deste tipo de casamento é a inexistência da celebração, isso é, não existe a presença do juiz de paz para realizar a cerimônia. Após o prazo de 16 dias corridos (Esse prazo se refere ao Estado deSão Paulo, para outros Estados consultar ), os noivos poderão retirar a certidão de casamento civil no cartório e o casamento começa a ter efeito nessa data. PODENDO ENTÃO RECEBER A BENÇÃO RELIGIOSA SOMENTE CASO QUEIRAM...

IGREJA CATÓLICA FRANCISCANA INDEPENDENTE PAX ET BONUM
Celebração cristã e ecumênica, estendida a cerimonias de religião afrodescendente e inter religiosa. CONTATO 84 98846-7996


terça-feira, 23 de outubro de 2018

Religião X Espiritualidade


"A religião não é apenas uma, são centenas.
A espiritualidade é apenas uma.
A religião é para os que dormem.
A espiritualidade é para os que estão despertos.
A religião é para aqueles que necessitam que alguém lhes diga o que fazer e querem ser guiados.
A espiritualidade é para os que prestam atenção à sua Voz Interior.
A religião tem um conjunto de regras dogmáticas.
A espiritualidade te convida a raciocinar sobre tudo, a questionar tudo.
A religião ameaça e amedronta.
A espiritualidade lhe dá Paz Interior.
A religião fala de pecado e de culpa.
A espiritualidade lhe diz: "aprenda com o erro"..
A religião reprime tudo, te faz falso.
A espiritualidade transcende tudo, te faz verdadeiro!
A religião não é Deus.
A espiritualidade é Tudo e, portanto é Deus.
A religião inventa.
A espiritualidade descobre.
A religião não indaga nem questiona.
A espiritualidade questiona tudo.
A religião é humana, é uma organização com regras.
A espiritualidade é Divina, sem regras.
A religião é causa de divisões.
A espiritualidade é causa de União.
A religião lhe busca para que acredite.
A espiritualidade você tem que buscá-la.
A religião segue os preceitos de um livro sagrado.
A espiritualidade busca o sagrado em todos os livros.
A religião se alimenta do medo.
A espiritualidade se alimenta na Confiança e na Fé.
A religião faz viver no pensamento.
A espiritualidade faz Viver na Consciência..
A religião se ocupa com fazer.
A espiritualidade se ocupa com Ser.
A religião alimenta o ego.
A espiritualidade nos faz Transcender.
A religião nos faz renunciar ao mundo.
A espiritualidade nos faz viver em Deus, não renunciar a Ele.
A religião é adoração.
A espiritualidade é Meditação.
A religião sonha com a glória e com o paraíso.
A espiritualidade nos faz viver a glória e o paraíso aqui e agora.
A religião vive no passado e no futuro.
A espiritualidade vive no presente.
A religião enclausura nossa memória.
A espiritualidade liberta nossa Consciência.
A religião crê na vida eterna.
A espiritualidade nos faz consciente da vida eterna.
A religião promete para depois da morte.
A espiritualidade é encontrar Deus em Nosso Interior durante a vida."

(Texto de Pierre Teilhard de Chardin - padre jesuíta, teólogo, filósofo e paleontólogo francês)

sexta-feira, 10 de agosto de 2018

Aborto X Vida

Muito se tem falado sobre o aborto nos últimos dias e não podemos deixar de externar nossa opinião...acreditamos na dignidade da vida e que o aborto deve ser estudado cuidadosamente antes da legalização para evitar terríveis problemas.
Somos contra o ato irresponsável da interrupção da gravidez tão somente porque um dos lados não achar que é o momento oportuno de gerar um filho. Sabemos que teriam várias formas de evitar a gravidez, seja através de camisinha ou outra forma de planejamento familiar. Na verdade, as pessoas devem assumir suas responsabilidades e as consequências dos autos e escolhas.
Vemos o aborto ser oportuno apenas no caso de estupros ou onde se coloque em risco a vida da mãe...como é concentido na Argentina.